Muitos conhecem a escritora Marie Lu através da trilogia Legend e agora ela voltou seguindo o mesmo ritmo agitado característico de sua escrita com Jovens de Elite.

A protagonista em Jovens de Elite é Adelina Amouteru, uma adolescente malfetto. Uma febre deixou doente e matou muitos, anos antes, em Kennetra, onde a história se passa. Os sobreviventes dessa febre tiveram uma espécie de sequela: poderes especiais. Os que possuem poderes especiais são designados malfettos. Eles têm características físicas diferentes dos demais, como cicatrizes e cabelos de cores inatingíveis. Parte pequena da população que não foi atingida pela febre apoia os malfettos, enquanto a maioria compartilha da opinião da Rainha e acha que eles são demônios que devem ser destruídos. A Inquisição existe somente para mata-los.

Adelina sempre foi maltratada pelo pai por ser uma malfetto, enquanto sua irmã mais nova, que não foi tocada pela febre, é tratada como uma princesa. Depois de anos de maus-tratos Adelina resolve fugir de casa após ser vendida pelo pai a um comerciante. Muita coisa vai acontecer nessa fuga e Adelina acaba sendo pega pela Inquisição. Mas não se desesperem: ela é salva pelos Jovens de Elite.

A partir daí é quase impossível largar o livro. Adelina vai conhecer outros jovens que possuem poderes especiais e vai aprender a desenvolver o seu: a capacidade de criar ilusões. WHAT?! É sério! Ela é fascinante assim!

jovens_de_elite_02
O livro tem uma surpresa atrás da outra em sua trama e é interessante ver como Adelina vai se relacionar com os outros Jovens de Elite enquanto tenta ser aceita no grupo. Logo ela percebe que nem tudo são flores e que as poucas opções que restam envolvem as pessoas ajudando-a para obter algo em troca.

Agora vejam bem, o que torna esse livro incrível é que a protagonista Adelina Amouteru não é a mocinha da história! Eu também não posso dizer que ela é a vilã, mas Adelina passa o tempo todo tentando lutar contra a escuridão que existe dentro dela. Essa escuridão faz com que ela cometa atrocidades, por mais que ela tente não fazê-las. Você fica hipnotizado lendo, porque isso faz com que a protagonista seja completamente imprevisível.

Jovens de Elite possui outros personagens tão impressionantes como Adelina. O líder dos Punhais (como eles se chamam entre si) Enzo, está atrás de vingança, Rafaelle é seu braço direito e treina os demais membros, Teren é o chefe da Inquisição e matar é seu passatempo. Enfim, o que não faltam são personagem ricos nessas páginas e o epílogo deixa a gente de olho arregalado esperando pelo próximo livro. Cadê ele produção? Já quero!

Ah! E temos baliras em Jovens de Elite:

…uma criatura enorme, semelhante a uma arraia, desliza preguiçosamente sobre o porto da cidade, suas asas translúcidas à luz, a cauda estendida para trás em uma linha comprida. Alguém – um ponto minúsculo que quase não se pode ver – está montado em suas costas. A criatura emite um som marcante que ecoa por toda a cidade.”

ARRAIAS VOADORAS GIGANTES! Depois dessa eu me despeço! 😉 Não deixem de comentar suas impressões aqui embaixo pra gente conversar!

Pin It on Pinterest